Últimas Notícias sobre PGR

Foto: Alan Santos / PR

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) enviou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por causa de discurso feito pelo mandatário durante a Assembleia-Geral da ONU nesta terça-feira (21).

Foto: EBC/ Arquivo

A Procuradoria-Geral da República (PGR)defendeu nesta quarta-feira (8) que o ex-deputado Roberto Jefferson passe da prisão preventiva à prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica. O documento foi assinado pela subprocuradora Lindôra Maria Araújo. A informação é da coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles.

Foto: Amanda Oliveira/Gov-BA

A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou nova denúncia pedindo a prisão do ex-secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, no âmbito da Operação Faroeste.

Foto: Divulgação

A Procuradoria-Geral da República denunciou à Justiça nesta segunda-feira (26) o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e mais 17 pessoas por suposto envolvimento em um esquema de corrupção ligado ao enfrentamento da pandemia no estado.

Foto: Divulgação

A decisão de anular os processos que condenaram o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva será alvo de recurso.

Foto : Agência Câmara

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou hoje (17) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). O parlamentar teve a prisão mantida pelo STF na tarde desta quarta, em decisão unânime dos ministros.

Foto: Reprodução/Twitter

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu que Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia Aguiar, voltem a ser presos.

Foto: Divulgação

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, determinou nesta quinta-feira, 9, à Lava Jato que envie à Procuradoria-Geral da República (PGR) todos os dados de investigações já colhidos pela operação. O pedido inclui as forças-tarefa no Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. As informações são do G1 e da Folha de S. Paulo.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-ministro Sergio Moro entendeu como tentativa de intimidação a requisição de abertura de inquérito feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar as revelações feitas no dia 24 de abril, quando anunciou sua saída do governo. Na peça, Augusto Aras pediu que fosse considerada a linha de investigação dos crimes de denunciação caluniosa e contra a honra, que poderiam ser imputados a Moro devido às revelações.

Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou hoje (30), o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O parlamentar é acusado de ter recebido 65 milhões de reais em propinas de duas grandes construtoras quando exercia o cargo de senador e governador de Minas Gerais.

Close