Ação popular pede que nomeação do novo ministro da Justiça seja suspensa

Foto: Reprodução/G1/Afonso Ferreira

Por meio de ação popular, o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) acionou a Justiça do Distrito Federal para suspender a nomeação de Anderson Torres ao cargo de ministro da Justiça.

A principal crítica do deputado é que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) escolheu para o cargo um amigo de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Na análise de Kim Kataguiri, o objetivo da escolha é interferir na Polícia Federal e no Judiciário. Os quatro filhos do presidente estão sob investigação. Com informações da Folha de S.Paulo.