Amélia Rodrigues: MPF apura conduta de ex-prefeito em destinação de verba

Foto: Reprodução / Jacuípe Notícias

O Ministério Público Federal (MPF) na Bahia decidiu instaurar um procedimento para apurar a suspeita de desvio de finalidade na gestão do ex-prefeito de Amélia Rodrigues, no Portal do Sertão, Paulo Falcão (Republicanos).

Em portaria desta quinta-feira (9), o procurador Samir Cabus Nachef Júnior informou a mudança de estágio da investigação, que até então era tratada como notícia de fato, quando a denúncia é conhecida.

De acordo com o procurador, a suspeita é que Paulo Falcão tenha destinado cerca de R$ 60 mil, que deveriam servir a ações de rastreamento e monitoramento da Covid-19, para pagamento de despesas com pessoal.

O prazo para o procedimento é de 90 dias. Paulo Falcão foi prefeito entre 2017 e 2020. Ano passado, ele tentou a reeleição, mas foi superado por João Bahia (PSD). (BN)