Cândido Sales: PM acusado de matar companheira é preso; vítima era dentista

Foto: Reprodução / TV Bahia

Um policial militar acusado de feminicídio contra a companheira Ana Luiza Dompsi, de 25 anos, foi preso nesta quinta-feira (15) em Cândido Sales, no Sudoeste baiano. Amauri Araújo teve o mandado de prisão preventiva cumprido por policiais da cidade de Pedra Azul, interior de Minas Gerais. A vítima, que atuava como dentista em Vitória da Conquista, também no Sudoeste, foi encontrada morta dentro de casa com um tiro na nuca.

O fato ocorreu na madrugada do dia 23 de março, no município de Divisa Alegre, também em Minas Gerais, na divisa com a Bahia. Conforme o G1, o policial estava com ela no local. Inicialmente, ele contou que a dentista teria cometido suicídio com a arma dele.

Após análise de laudos técnicos e depoimentos, a polícia passou a apurar o caso como feminicídio, quando a vítima é morta pela condição feminina. Amauri Araújo, que é lotado em Cândido Sales, está preso no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Salvador. (bn)