Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados no E. Santo

0
199
-
Barco com crianças virou em Viana, no Espírito Santo, na tarde desta quinta-feira (14) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

A chuva no Espírito Santo já deixa 489 pessoas fora de casa, segundo a Defesa Civil, na manhã desta sexta-feira (15). Há registro de desabrigados ou desalojados na capital e mais 10 cidades.

Ao todo, são 249 desalojados (pessoas que foram para casa de parentes ou amigos) e 240 desabrigados (que estão em abrigos do poder público).

No estado, três municípios decretaram situação de emergência: Viana, Cariacica e Alegre. Os desabamentos causados pela chuva já deixam um morto e seis feridos no estado.

A chuva forte começou no estado no final da tarde da segunda-feira (11). O temporal na região Sul do estado durou menos de 30 minutos, mas foi suficiente para causar estragos em Alegre. Na quarta-feira (13), a chuva se intensificou em outras regiões do estado.

Protesto fecha a BR-101

Moradores da comunidade de Seringal, em Viana, no Espírito Santo, fecharam um trecho da BR-101, em Viana, em um protesto na manhã desta sexta-feira (15). Eles reclamam dos alagamentos no bairro após as fortes chuvas que atingiram o estado.

Os manifestantes fecharam o km 312 da BR-101 por quase duas horas. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e negociou a liberação com os moradores.

Abastecimento de água suspenso

O abastecimento de água em bairros de Vitória, Serra e Fundão foi interrompido nesta sexta-feira (15) por causa da chuva no Espírito Santo.

Segundo a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), a chuva provocou uma alta turbidez (barro) na água do Rio Santa Maria da Vitória, que abastece parte da região metropolitana. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui