Fifa decidiu cancelar o prêmio The Best 2020 devido a pandemia do coronavírus, diz jornal

Messi e Rapinoe foram os melhores de 2019 | Foto: Divulgação / Getty Images

O ano de 2020 pode não ter a eleição dos melhores jogadores do mundo. De acordo com o jornal espanhol Marca, a Fifa decidiu cancelar o Prêmio The Best. A cerimônia estava marcada para acontecer no mês de setembro em Milão.

Ainda não há nenhum posicionamento oficial da entidade, porém o jornal espanhol informa a decisão se deve à falta de jogos e a próxima eleição seria feita em 2021.

Na edição de 2019, o atacante argentino Lionel Messi conquistou o prêmio pela sexta vez deixando para trás o português Cristiano Ronaldo, eleito por cinco vezes. Dois brasileiros apareceram na seleção masculina, o goleiro Alisson e o lateral-esquerdo Marcelo. No feminino, a americana Megan Rapinoe levou o troféu de melhor jogadora. Enquanto a brasileira Marta apareceu no selecionado mundial. (Bahia Notícias)