Gilberto brilha após sair do banco e Bahia bate Chape fora de casa

Gilberto saiu do banco de reservas para mudar a história do jogo na Arena Condá (Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia)

No frio de Chapecó, o Bahia até ensaiou fazer um jogo morno com a Chapecoense, mas Gilberto saiu do banco colocando fogo e com um gol e uma assistência no segundo tempo ajudou o Esquadrão a vencer a Chape por 2×0, na manhã deste domingo (4), na Arena Condá.

Com o placar, a equipe comandada por Dado Cavalcanti avançou aos 14 pontos e agora está no quinto lugar. O próximo desafio será na próxima quarta-feira (7), às 18h, contra o Juventude no estádio de Pituaçu.
 

O JOGO

A partida começou fria, assim como a temperatura na manhã de Chapecó. Com maior posse de bola, o Bahia trocava passes, mas sem finalizações que assustassem o Verdão do oeste catarinense. A primeira boa jogada só surgiu aos 28. Na jogada, Maycon Douglas recebeu passe de Daniel, passou pela defesa e chutou para defesa de João Paulo.

A fase final do primeiro tempo foi de intensidade do Bahia. Aos 38, Daniel chutou de fora da área e João Paulo defendeu. Aos 46, Rodriguinho ficou com a sobra fora da área. Ele chutou e o goleiro da Chape mais uma vez surgiu para intervir.

Segundo tempo

A Chapecoense quase abriu o placar aos 16 minutos do segundo tempo. Pelo lado direito, Felipe Baxola cruzou, Fabinho finalizou no contrapé de Matheus Teixeira e a bola passou muito perto.

Gilberto entra e abre o placar

O artilheiro entrou e ajudou o Bahia. Três minutos após entrar no lugar de Thonny Anderson, o camisa 9 aproveitou falha do zagueiro Derlan e bateu muito bem de fora da área para balançar a rede.

Rodriguinho marca o segundo

A Chapecoense não teve tempo de digerir o primeiro gol e acabou tomando o segundo. Aos 23, Nino Paraíba cruzou, Gilberto dividiu com Felipe Santana e a bola sobrou limpa para Rodriguinho empurrar para o gol.

Perotti faz, mas VAR anula

Aos 31 minutos, bola cobrada na área e, após uma pequena confusão, a bola sobrou limpa para Perotti colocar a bola na rede. Após checagem no árbitro de vídeo, a juíza anulou o lance. 

Com 42, a Chape ainda tentou com Perotti, que invadiu a área e bateu ao lado do gol. Aos 46, mais um gol da Chapecoense anulado por impedimento.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 0 x 2 Bahia
Campeonato Brasileiro – 9ª rodada

Local: Arena Condá, em Chapecó
Data: 04/07/2021 (domingo) 
Horário: 11h
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP)
Assistentes: Neuza Inês Back (Fifa-SP) e Leila Naiara Moreira da Cruz (Fifa-DF)
VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Ezequiel, Derlan (Chapecoense) / Thonny Anderson (Bahia)

Gols: Gilberto e Rodriguinho (Bahia)

Chapecoense: João Paulo; Ezequiel (Alan Santos), Derlan, Felipe Santana, e Matheus Ribeiro; Lima, Anderson Leite e Ravanelli (Felipe Baxola); Fernandinho (Geuvânio), Anselmo Ramon (Perotti) e Kaio Nunes (Fabinho). Técnico: Jair Ventura.

Bahia: Matheus Teixeira; Nino, Juninho, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Jonas (Lucas Araújo), Thaciano e Daniel (Galdezani); Maycon Douglas (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Patrick) e Thonny Anderson. Técnico: Dado Cavalcanti.