Hotéis, bares e restaurantes do litoral baiano são flagrados com ‘gato’ de energia

Foto: Ascom/Coelba

A Coelba iniciou na última semana uma operação dedicada a inspeção de irregularidades em estabelecimentos que prestam serviço no litoral da Bahia.

Intitulada de Operação Verão, a iniciativa conta com mais de 90 colaboradores, dentre técnicos, analistas e engenheiros, atuando em mais de 24 municípios, inspecionando as principais praias baianas, como Conde, Imbassaí, Barra do Jacuípe,  Itacimirim, Arraial D’Ajuda e Trancoso.

Apenas na última quinta (22) e sexta-feira (23) foram inspecionadas mais de 400 unidades e identificadas mais de 70 situações irregulares, sendo 40 delas caracterizadas como furto de energia. Os proprietários foram notificados, e os valores da energia consumida serão restituídos a concessionária.

Entre as unidades inspecionadas estavam hotéis, pousadas, bares, restaurantes e casas de veraneio. Nos locais, foram retirados desvios de energia utilizados para manipular a medição, à revelia da concessionária de energia.

Segundo a Coelba, as irregularidades representavam também um risco a segurança dos banhistas, já que as ligações clandestinas são feitas fora do padrão e com fiações expostas. “O furto de energia representa sérios riscos de acidentes graves à população, além disso a energia furtada é paga por outros consumidores, através do repasse na tarifa de energia, conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)”.

Vale ressaltar que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro e a pena para o responsável pela prática ilegal pode chegar a oito anos de reclusão.

Como denunciar

As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site www.coelba.com.br, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade. (bahia.ba)