Leandro Troesch, proprietário da pousada Paraíso Perdido em Jaguaripe, morre após ser atingido com tiro na cabeça

Foto: Divulgação

Morreu na noite desta sexta-feira (25), Leandro Silva Troesch, popular Leo, proprietário da pousada Paraíso Perdido, na cidade de Jaguaripe, após ser atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça.

De acordo com informações, a polícia está investigando se há possibilidade de um suicídio. A vítima havia sido socorrida e encaminhada para o Hospital Gonçalves Martins, na cidade de Nazaré, mas veio a óbito.

RELEMBRE:

Leo, havia sido preso com a esposa Shirley da Silva Figueiredo, sentenciados no mês de fevereiro de 2021, pelos crimes de roubo e extorsão mediante sequestro em Salvador (reveja aqui)

Redação: Voz da Bahia