Marquezine diz que pensou em encerrar carreira aos 18 após ter corpo objetificado

0
129
-Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

A atriz Bruna Marquezine, 24, quase deu fim à sua carreira quando completou 18 anos. A revelação foi feita na última segunda-feira (9), durante um evento em São Paulo. Segundo ela, a crise começou quando seu corpo passou a ser objetificado.

Na época, ela atuava na novela Salva Jorge (2012), da Globo. “Eu não tinha maturidade para lidar com aquilo e não entendia. Tinha acabado de completar 18 anos, a cada semana diziam que eu tinha saído com um cara novo. Não sabia lidar, sofria muito”, contou.

- Anúncio -

Na trama, Bruna Marquezine interpretava Lurdinha, personagem que abusava de shortinhos mega curtos, blusas cortadas logo abaixo dos seios, tudo sempre muito justo, acompanhado de salto e muitos acessórios.

Marquezine diz que pensou em encerrar carreira aos 18 após ter corpo objetificado
Foto: Reprodução/ TV Globo

Por conta disso Bruna mudou a postura e passou a ser mais crítica com relação a tudo. Inclusive com o próprio corpo. Ela conta que já chegou a se magoar muitas vezes com comentários ruins de fãs sobre sua aparência.

“Tem comentários que te pegam em uma hora errada e dia errado e você sente uma necessidade de se justificar de alguma forma. Sempre tem aquele que te pega de jeito, mas já estou tratando disso com a minha psicóloga. Quem são essas pessoas tão rápidas que pegam todo o comentário, curtida que a gente faz? Às vezes eu penso que tem umas pessoas que têm um perfil só para seguir a gente”, diz. “A beleza que você vê e consome sai com água e demaquilante. É cruel e cansativo tentar se encaixar em um padrão”, completa.

Marquezine diz que pensou em encerrar carreira aos 18 após ter corpo objetificado
Foto: Reprodução/ TV Globo

A atriz agradeceu ainda à rede de apoio que se formou na época, para que ela conseguisse enfrentar a crise. ‘Ter esse olhar de algumas atrizes mais experientes me fortaleceu. Ver a Cassia Kiss, que é uma grande inspiração, me assistir foi especial. A Vanessa Gerbelli que foi minha mãe quando interpretei a Salete, realmente foi uma mãe’, comentou.

Quando estava se curando de uma uma depressão e distúrbio de imagem, ela resolveu contar a todos que passava por momentos difíceis. “Quando eu desabafei sobre isso, eu falei que tomava um tipo de laxante todos os dias. Aquilo destruiu meu organismo e minha imunidade. Várias meninas tomavam também. Achei melhor dizer o que fazia para ajudá-las”, lembra. (Correios)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui