Roger admite partida ruim contra o Santos: ‘Não merecíamos o empate’

-
Foto: Reprodução / Premiere

O técnico do Bahia, Roger Machado, admitiu que seu time não fez um bom jogo na derrota por 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, na noite de quinta-feira (31), pelo Campeonato Brasileiro.

Queda, de fato, rendimento técnico. Novamente, num jogo contra um time que tem muita qualidade, como o Inter, a gente proporcionou oportunidades para o adversário cometendo alguns erros simples, que normalmente nós não vínhamos cometendo e dando oportunidade do adversário nos atacar. Nos faltou, durante o primeiro tempo, a confiança para jogar, botar bola no pé, trabalhar, ter confiança de dar opção para o colega, receber a bola mesmo marcado, progredir par o campo do Santos. Iniciamos bem, 10, 15 minutos, criamos a melhor oportunidade da partida, depois o Santos foi ganhando campo e nós errando saída de bola, domínio, erro de segunda bola. Demos a bola ao Santos para ele criar. O que, a partir deste momento, a gente precisa é resgatar a confiança no nosso jogo. Se não tivermos confiança para jogar, entendendo que o que construímos nos trouxe até aqui, com mérito, e não sentiu peso de estar disputando algo maior, vamos produzir bem novamente”, ressaltou em entrevista coletiva após o jogo.

Nem com gol anulado de empate, talvez não merecêssemos o empate. Hoje a frustração do torcedor é porque jogamos pouco futebol. Hoje abrimos mão, nos momentos em que tínhamos a bola, de tentar controlar o adversário pela troca de passes, deslocamento. Bola chegava, e a gente tentava definir o mais rápido possível, muitas vezes devolvendo a bola para o adversário. Resgatar confiança no nosso jogo, ter confiança para entrar em campo e trabalhar. Terceira partida sem triunfo. A gente sabe que é difícil jogar aqui contra o Santos. Porém, os resultados negativos em casa jogam mais pressão quando a gente sai para jogar fora. Empate nos daria um ponto. Segundo tempo, depois do gol, a gente teve mais confiança para jogar. É preciso ter confiança no 0 a 0, não esperar abrirem o placar para me soltar mais no jogo. Hoje foi frustrante, pouca coisa deu certo no jogo, muito em função da instabilidade na parte técnica”, disse.

(Bahia.Ba)