Sedur autua Via Bahia por ‘descaso’ com a BR-324; concessionária culpa terceiros

0
75
-
Imagem: Google Street View

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador autuou a concessionária Via Bahia nessa quarta-feira (24). A pasta afirma que a concessionária não realizou a manutenção periódica das tubulações que passam pelo bairro de Valéria e também instalou fiação elétrica aérea proibida por lei. 

“A Via Bahia está fechando os olhos para os problemas da BR 324 e infringindo a lei. Não vamos permitir que a população soteropolitana seja prejudicada por uma má administração da empresa”, acusa o diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior. De acordo com a pasta, essa falta de comprometimento tem provocado problemas de alagamentos na Terracon, em Valéria, o que, por consequência, traz riscos à saúde, segurança e bem-estar dos moradores da região.

- Anúncio -

Procurada pelo Bahia Notícias, a concessionária disse que o sistema de drenagem da estrada “tem sido impactado diretamente por deficiência e interferências de terceiros”, fora da área de sua responsabilidade. Inclusive, a entidade afirma que isso já foi comunicado ao Ministério Público Federal (MPF). Quanto à iluminação, a Via Bahia ressalta que segue um projeto aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e que, ao contrário do que foi informado pela Sedur, “cumpre rigorosamente decisão judicial sobre o tema”.

Essa ação ocorre depois que o prefeito ACM Neto (DEM) fez críticas ao trabalho da concessionária. Segundo o portal Informe Baiano, ao reclamar das condições do asfalto na rodovia federal, na terça (23), ele disse que a Via Bahia “é uma vergonha” para o estado.

Os autos de infração emitidos pela Sedur podem ainda gerar multa. O valor será definido pela Comissão Julgadora de Autos. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui