Após ser vacinada contra Covid-19, Regina Duarte volta a incentivar uso de ivermectina

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Vacinada contra a Covid-19 na última segunda-feira (22), a atriz e ex-secretária Especial da Cultura do governo federal Regina Duarte voltou a incentivar o uso de medicamentos sem eficácia para tratar a doença.

Em sua conta oficial no Instagram, Regina publicou um vídeo no qual um homem defende a ivermectina. “Essa vacina para o coronavírus foi transformada em comprimido para que os seres humanos pudessem usar. Não é um antiparasitário, como se diz por aí, um remédio para matar verme. É uma vacina para coronavírus”, diz ele, em uma afirmação falsa.

A ex-secretária da Cultura endossou a mensagem e incentivou seus seguidores ao uso do remédio. “Importante! No meu story tem o vídeo completo! Vai lá! Podemos lutar contra o vírus! Vamos divulgar?”, escreveu Regina.

A ivermectina, assim como a hidroxicloroquina, integra o chamado “kid Covid”, cujo uso indiscriminado pode acarretar intoxicação e hepatite medicamentosa. Recentemente, entidades médicas e científicas chegaram a publicar um documento no qual pedem que a prescrição de tais drogas sem eficácia seja banida para o tratamento da Covid-19.