Atleta de vôlei de Santo Antônio de Jesus é chamado para jogar no Flamengo

Santo Antônio de Jesus não descobre talentos do esporte apenas no futebol. Matheus Souza Ferreira começou a jogar vôlei com 13 anos de idade, no Projeto Social Vôlei pra Vencer e hoje, com 16 anos, desperta interesse da equipe do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Matheus viajou no dia 17 de fevereiro e já está integrado à equipe. Será o segundo jogador de vôlei profissional de Santo Antônio de Jesus. O primeiro, Cledenilson Silva, já faz sucesso nas quadras brasileiras, atualmente jogando pelo Cruzeiro de Minas Gerais e com passagens pela seleção brasileira juvenil e adulta.

Ambos os alunos vieram do Projeto Vôlei pra Vencer, um trabalho voluntário desenvolvido pelo professor Ronaldo Assis, que ensina jovens dos 13 aos 18 anos a jogar voleibol. Através do esporte, o Projeto tem conseguido dar oportunidade a adolescentes em situação de vulnerabilidade, promovendo saúde, integração social e valores que contribuem para uma boa formação cidadã.

Ronaldo esclarece que, ao inserir adolescentes em situação de vulnerabilidade social na prática de esporte, o Projeto dá uma importante contribuição social, evitando que mais jovens entrem no mundo de drogas e de criminalidade. Ele enfatiza que “quando cuidamos das crianças e adolescentes mais vulneráveis, estamos cuidando de toda a sociedade. Promovendo paz e segurança para nós e nossos filhos”. O Projeto atende atualmente 75 adolescentes, nas turmas masculina e feminina e funciona no Clube dos Cem, às terças e quintas feiras, das 18h10 às 22h00.

Para participar, o adolescente precisa ter idade entre 13 e 18 anos, estar estudando e apresentar bom desempenho escolar. O projeto conta com a contribuição de alguns parceiros cujo patrocínio paga as despesas como aluguel do espaço no clube, um treinador assistente, uniformes, bolas e materiais de treino. Ronaldo pede ajuda a empresários da cidade que possam ser parceiros dessa iniciativa. Seja você também um patrocinador do Projeto Vôlei pra Vencer.