Bahia mira saída do Z-4 em duelo contra o América-MG no Independência

Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

Em recuperação dentro do Campeonato Brasileiro, o Bahia tem um desafio importante na briga para escapar da zona de rebaixamento. A bola rola na noite deste sábado (16), às 21h, no jogo contra o América-MG na Arena Independência, em Belo Horizonte. O time somou quatro pontos nos últimos dois jogos e quer manter a pegada sob o comando do técnico Guto Ferreira.

Na última terça-feira (12), os tricolores ficaram no empate em 0 a 0 com o Palmeiras. O ponto não satisfez totalmente, mas a apresentação em campo animou a torcida e o técnico Guto Ferreira, que acredita em um bom caminho para o futuro da equipe. 

“O ponto foi muito importante, mais um ponto somado. Pode ter certeza de que vai fazer toda a diferença lá no final. E mostra que a gente está no caminho certo. A gente não pode sair desse trilho. Agora é ajustar a velocidade”, disse o treinador.

Com a confiança renovada, o Tricolor conta com a força, experiência e velocidade do lateral-direito Nino Paraíba, que se tornou capitão do Esquadrão de Aço. Ele espera um time concentrado para conseguir um bom resultado. 

“A gente tem que estar concentrado o tempo todo. Para nós é como se fosse uma final. Jogo de seis pontos, confronto direto. Esperar fazer uma belíssima partida e sair com os três pontos”, avisou.

No momento, o Bahia tem 27 pontos e ocupa o 17º lugar. A depender da combinação de resultados da rodada, a equipe pode fechar na 14ª posição.

FICHA TÉCNICA
América-MG x Bahia
Campeonato Brasileiro – 27ª rodada

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Data: 16/10/2021 (terça-feira)
Horário: 21h
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa (ambos do TO)
VAR: Rafael Traci (SC)


América-MG: Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Juninho Valoura; Ademir, Felipe Azevedo e Fabrício Daniel (Ribamar). Técnico: Diogo Giacomini.


Bahia: Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Daniel, Raí, Mugni e Juninho Capixaba; Gilberto. Técnico: Guto Ferreira. (BN)