Bispo pede que católicos cancelem Netflix por causa do especial de Natal

0
141
-
Reprodução

O bispo da Diocese de Palmares (PE), Dom Henrique Soares da Costa, utilizou seu perfil no Facebook para pedir que fiéis cancelem a assinatura da Netflix. O bispo ficou indignado com a plataforma de streaming por causa de um especial de Natal “A Primeira Tentação de Cristo”.

Na produção audiovisual, Jesus (Gregório Duvivier) está prestes a completar 30 anos, e é surpreendido com uma festa de aniversário quando voltava do deserto acompanhado do namorado, Orlando (Fábio Porchat).

“Em pleno tempo de preparação para o Natal do Senhor, a Netflix deu um bofetão no rosto de todos os cristãos, cuspiu na nossa cara, zombando da nossa fé. Imaginem um filme debochado e desrespeitoso ao extremo com alguém a quem você ama. Como reagir? O ideal seria uma ação judicial. Mas, com a desculpa de liberdade de expressão, todo lixo é permitido, todo sarcasmo para com a fé alheia e louvado, tudo quanto trinca e corrói os alicerces da nossa cultura e da nossa sociedade é reputado como avanço e progresso”, escreveu.

O bispo pede que neste Natal, os fiés “proclame seu amor, sua fé, seu respeito em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo; mostre que seu amor por Ele é real e ativo: cancele a assinatura da Netflix e lá, no menu apropriado, explique o motivo: “desrespeito por Jesus Cristo”, completou.

Para barrar o especial, uma petição foi criada na plataforma Change.org. Até o momento cerca de 430 mil pessoas 430 mil pessoas já assinaram a petição. A meta são 500 mil.

Segundo o UOL, o ator Gregorio Duvivier foi procurado pelo jornal Extra e comentou o abaixo-assinado. “Sim, vi que são quase 300 mil pessoas. Acho que fizemos algo errado, porque é muita pouca gente.

Da próxima vez, acho que vale pegar mais pesado. O Porta tem quase 20 milhões de inscritos. 300 mil é um fiasco. Mas de qualquer jeito, vale pra medir a audiência. Pelo menos 300 mil pessoas viram. É mais que a base de apoio do Bolsonaro”.

(Bocão News)
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui