Cachoeira: UFRB repudia atitude de aluno acusado de racismo contra professora

-
Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) se posicionou sobre o caso de suspeita de racismo contra uma professora do curso de história. O caso ocorreu na noite desta segunda-feira (10). Vídeos mostraram um estudante, identificado como Danilo de Araújo Góis, que se recusava a pegar uma avaliação da mão de uma professora, Isabel Reis, que é negra. A cena foi presenciada pela coordenadora do curso de história, Luciana Brito. Em nota, a universidade repudiou a atitude do aluno.

Segundo a instituição, “o respeito à diversidade” é um compromisso da entidade que “rechaça todo e qualquer ato de racismo, sexismo, LGBTfobia, intolerância e/ou violência, seja no âmbito acadêmico ou no cotidiano em geral”. A UFRB informou que já foi criada uma comissão para a apurar denúncias contra o mesmo estudante, suspeito também de outros atos não só de racismo, como de preconceito de gênero e de homofobia. A UFRB também declarou que o respeito às diferenças é fundamental à formação dos estudantes e que se solidariza à professora e estudantes ofendidos. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui