‘Chega de lacração’, diz Ciro Gomes ao defender Juliana Paes

Foto: Arquivo Pessoal

O vice-presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Ciro Gomes, saiu em defesa da atriz Juliana Paes, duramente criticada na internet após criticar a CPI da Covid e afirmar que o Brasil vivia em meio a ideias arrogantes da extrema direita e dos “delírios comunistas da extrema esquerda”.

Nas redes sociais, o ex-governador do Ceará e candidato derrotado nas eleições de 2018, afirmou que as críticas a Juliana eram frutos da lacração.

“Chega de lacração e cancelamento! A falsa polarização em marcha só serve para aos dois aproveitadores dela”.

Do outro lado, a atriz e colega de emissora, Patrícia Pillar, ex-mulher de Ciro Gomes, questionou o posicionamento da artista. “Só uma pergunta: que delírios comunistas?”, escreveu na web. (bahia.ba)