Chuvas devem se estender até o final da semana em Salvador

Foto: Reprodução / Secom

As chuvas que marcaram o início da manhã desta segunda-feira (29) em Salvador, devem se estender ao longo da semana. De acordo com as previsões da Defesa Civil da caital (Codesal), a  atuação de uma frente fria, somada à convergência de umidade em baixos níveis, favorece a ocorrência de chuvas, relâmpagos e trovoadas, como as registradas na madrugada deste domingo (28). 

A previsão para esta terça-feira (30),  é de tempo nublado a parcialmente nublado com chuvas de intensidade variando entre fraca a moderada, com risco para deslizamentos de terra devido aos acumulados dos últimos dias. A temperatura deve variar de 23ºC a 28ºC.

Ainda de acordo com a previsão da Codesal, mais para o fim da semana o céu deve estar claro a parcialmente nublado com chuvas a qualquer hora do dia e a temperatura deve variar entre 24ºC e 31ºC. Na sexta-feira, a tendência é de céu nublado a parcialmente nublado com chuvas a qualquer hora do dia e temperaturas variando entre os 24ºC e 30ºC.

Já no sábado, o céu deve ficar nublado a parcialmente nublado e as chuvas devem ocorrer a qualquer hora do dia. A temperatura será de 24ºC a 28ºC. Para domingo, a tendência é de céu nublado com chuvas a qualquer hora do dia e temperaturas variando entre 23ºC e 28ºC. “A Defesa Civil de Salvador mantém plantão ininterrupto de 24 horas com equipes de prontidão para os atendimentos emergenciais que se façam necessários, monitorando as condições do clima e emitindo alertas, voltados principalmente às comunidades que vivem em áreas de risco”, afirma o diretor geral da Codesal, Sosthenes Macêdo.

De acordo com a Codesal, este mês de novembro mais chuvoso. Os acumulados de chuvas em 28 dias do mês de novembro na capital baiana já ultrapassam em quase 300% a média histórica (normal climatológica) para o período. A Estação Pluviométrica do Inmet, instalada em Ondina, registrou 304mm, quando o normal esperado é de 106,5mm. Este tem sido o novembro mais chuvoso da última década, sendo superado apenas em 2011, quando choveu 319,2mm. As informações são do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec).