Contas do setor público têm rombo recorde de R$ 702,9 bilhões em 2020

Foto : Marcos Santos/USP Imagens

As contas do setor público consolidado, que englobam o governo federal, estados, municípios e empresas estatais, registraram um déficit primário de R$ 702,950 bilhões em 2020, o que corresponde a 9,49% do PIB. A informação foi divulgada hoje (29) pelo Banco Central.

O resultado indica que, no período, as receitas de impostos e contribuições do governo foram menores do que as despesas. O ano passado foi o sétimo seguido com as contas no vermelho, além de ser o pior resultado de toda a série histórica do BC, iniciada em 2001. Em comparação ao ano de 2019, quando o déficit fiscal somou R$ 61,872 bilhões, o aumento no rombo foi de 1.036%.

O rombo recorde está ligado ao aumento de despesas diante da pandemia de Covid-19 e à queda na arrecadação, devido ao tombo na atividade econômica. (Metro1)