Coronavírus: mais de 1,7 mi de trabalhadores tiveram salários reduzidos ou contratos suspensos no Brasil

Foto : Arquivo/Agência Brasil

Dados do Ministério da Economia apontam que pouco mais de 1,7 milhão de trabalhadores já tiveram jornada e salários reduzidos ou contratos suspensos em razão da pandemia do coronavírus. 

Ao todo, 1.707.226 acordos entre empregado e empregador foram feitos até as 15h de ontem (15). Os funcionários que passaram por corte na jornada terão direito a receber parte do seguro-desemprego do governo como benefício.

Aqueles trabalhadores que tiveram o contrato suspenso devem receber o valor integral mensal do seguro enquanto não voltar ao serviço.  Esses não serão incluídos no recebimento do auxílio emergencial de R$ 600. (Agência Brasil)