Erlon e Isaquias conquistam bronze no C2 1000m e garantem vaga na Olimpíada de 2020

0
43
-
Foto: Reprodução / Twitter / @TimeBrasil

A dupla Erlon de Souza e Isaquias Queiroz irá, mais uma vez, representar o Brasil em uma Olimpíada. Neste sábado (24), os baianos conquistaram a medalha de bronze no C2 1000m no Mundial de canoagem de Szege, na Hungria, e se classificaram para os Jogos de Tóquio 2020. Eles completaram o percurso em 3m44s34. 

“Queria agradecer a uma pessoa que é mais importante que todo mundo, que é o nosso treinador Jesus Morlán. Ele pode ter falecido, mas continua com a gente. Sem ele não teria essa medalha nem esses títulos. Essa medalha de hoje é consequência do trabalho dele, então dedicamos a ele toda essa nossa trajetória. Sem ele a gente não teria conseguido esses feitos na nossa vida”, disse Isaquias, segundo o GloboEsporte.com. 

- Anúncio -

Os baianos ficaram atrás dos cubanos Serguey Torres Madrigal e Fernando Dayan Jorge Enriquez, que ficaram com a prata com a marca de 3m41s46m, e dos chineses H.Liu e H. Wang, que levaram o ouro com o tempo de 3m40s55. Foi a primeira vez que a prova não teve sequer um país europeu no pódio. 

“A gente sabia que ia doer mais do que os outros dias, mas graças a Deus a gente ainda conseguiu fazer uma boa prova. Com alguma dificuldade, mas superamos e ficamos no pódio. Acredito que a Europa não esperava isso com vento contra, mas os surpreendemos dessa vez”, destacou Erlon. 

Com o resultado, a dupla também garantiu uma vaga para o Brasil no C1 1000m, prova que também é especialidade de Isaquias. Neste sábado (24), ele disputa a semifinal do individual. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui