Com economia baseada na agropecuária, na indústria e no turismo, o Estado da Bahia é repleto de belezas naturais e tem uma das culturas mais ricas e diversificadas do Brasil. Além disso, a Bahia também é a terra de grandes esportistas que ganharam o mundo nos últimos anos.

Em diversas modalidades esportivas, como na natação, no futebol, no poker e nas artes marciais, a Bahia está muito bem representada por atletas multicampeões que ainda continuam na ativa no esporte de alto nível.

Amanda Nunes, lutadora de artes marciais

Amanda Nunes é soteropolitana e dona de uma bela trajetória nas artes marciais mistas (MMA). Ela fez sua estreia no MMA em 2008 e desde então acumula 21 lutas oficiais, com 17 vitórias e apenas quatro derrotas.

A soteropolitana foi a primeira atleta brasileira a conquistar o cinturão na categoria de peso-galo feminino e peso pena no UFC (Ultimate Fighting Championship). Sua última derrota no UFC aconteceu em 2014 e a lutadora já está invicta há oito combates.

Foto: Andrius Petrucenia |Cinturão de campeão do UFC

Em julho deste ano ocorrerá a 11ª edição do MMA Awards, considerado o Oscar do MMA. Concorrendo em três categorias (Lutadora do Ano, Nocaute do Ano e Surpresa do Ano) no MMA Awards, Amanda lidera a lista de indicações do evento.

Em recente entrevista para o programa de TV “Giro Combate”, Amanda revelou que sua carreira está próxima do fim. Além disso, a lutadora revelou que recebeu uma proposta para atuar em um time de futebol profissional nos Estados Unidos.

“Acho que meu ciclo nas lutas está encerrando. Nada que também, depois que eu parar, eu (não) possa voltar um dia. Mas, agora, quero fazer minhas duas lutas no contrato e seguir. Viver um pouco a vida. Quero jogar futebol, tenho a proposta de um time, não posso falar muita coisa”, disse ela.

Ariel “Bahia” Celestino, jogador de poker

Conhecido no mundo do poker como Ariel Bahia, este baiano é um dos competidores de maior sucesso no poker brasileiro e latino-americano. Além do mais, poucos jogadores no circuito conseguem se destacar na modalidade online e no cenário ao vivo como ele.

No ano passado, Ariel Bahia adicionou uma importante conquista em sua trajetória vitoriosa no poker online. O ótimo resultado veio em um torneio do SCOOP 2018, um dos circuitos mais concorridos no cenário online.

De acordo com o ranking da Global Poker Index (GPI), ranking mais conceituado do poker mundial, o baiano está entre os sete melhores jogadores do mundo em 2019 e é o único latino-americano entre os 50 primeiros colocados.

Foto: Reprodução | Ariel Bahia em ação

Na atual temporada, ele tem priorizado os torneios ao vivo. Além de ter tido grande performance no PCA 2019, importante circuito latino-americano, Ariel Bahia foi muito bem nas primeiras etapas do BSOP 2019 (Campeonato Brasileiro de Poker).

Também é importante destacar que o baiano teve bom desempenho no MILLIONS South America, torneio que foi disputado na primeira semana de abril, no Rio de Janeiro. Ele cravou o Evento #3 8-Max e somou pontos valiosos para o ranking da GPI.

Em entrevista para o site SuperPoker, Ariel revelou que sua meta não é disputar rankings, pois o atleta prefere focar nos grandes eventos e evita participar de torneios menores.

“O meu perfil de jogador não permite disputar ranking, porque eu não tenho o prazer de jogar os eventos menores. Gosto dos High Rollers, Main Event, mas fico na torcida pelos amigos que vão disputar”, destacou o competidor.

Daniel Alves, lateral-direito do Paris Saint-Germain

Nascido em Juazeiro e revelado pelo Esporte Clube Bahia, Daniel Alves atua pelo time francês Paris Saint-Germain (PSG) e tem uma das mais belas carreiras de futebolistas na história do futebol mundial.

Para se ter uma ideia, o juazeirense é o atleta com maior número de títulos no futebol internacional. Para se ter uma ideia do tamanho dessas conquistas, Daniel Alves, que já soma 39 títulos oficiais em seu currículo, está à frente de lendas como Pelé (37) e Ryan Giggs (35).

Foto: Олег Дубина | Com a camisa do Barcelona-ESP, Daniel Alves conquistou 23 títulos

“Eu não gosto de jogar flores em mim, mas eu sei como ganhar. E sei como perder. Ou seja, quando eu tento dizer alguma coisa, eu só gostaria que as pessoas me seguissem. Não é porque sou maior que todo mundo, não sou maior que ninguém. É só porque eu já fiz”, disse ele em entrevista à rádio francesa “RMC Sports”.

Daniel Alves está com 35 anos e não é mais nenhum menino, porém, ele ainda sonha em defender o Brasil na próxima Copa do Mundo, que será realizada em 2022, no Catar.

“Eu quero jogar o Mundial de 2022, esse é o meu objetivo. O resto é história no caminho, que você tem que fazer e não falar. Eu, por exemplo, sempre nas minhas entrevistas, deixei muito claro que eu quero oportunidade para competir, não quero posição de favor, não quero porque a minha história diz isso”, afirmou o juazeirense em entrevista para o jornalista Paulo Vinicius Coelho.

Outros esportistas baianos que valem a menção

É impossível mencionar todos os esportistas baianos que fazem sucesso no cenário internacional em único artigo. Portanto, além desses que foram mencionados acima, vale a pena destacar a nadadora Ana Marcela Cunha e o futebolista Dante Santos.

Eleita cinco vezes pela FINA (Federação Internacional de Esportes Aquáticos) como a melhor nadadora do mundo em águas abertas e atual melhor do mundo, a soteropolitana Ana Marcela Cunha está no rol das maiores nadadoras do esporte brasileiro.

Foto: Oleg Bkhambri (Voltmetro) |Ana Marcela Cunha na maratona aquática do Mundial de Kazan, 2015

No ano passado, Ana foi tetracampeã da Série Mundial de maratona aquática e foi medalha de ouro em três provas do Sul-Americano de Desportos Aquáticos: 5km, 10km e no revezamento por equipes.

Já o zagueiro Dante, que atualmente defende as cores do Nice, da França, tem importante passagem pelo futebol alemão. Entre 2012 e 2015, ele defendeu o Bayern de Munique durante três temporadas, conquistando sete títulos no período. Na mesma época, ele também foi convocado pela seleção brasileira para a disputar a Copa do Mundo de 2014.

Na atual temporada, Dante é titular do Nice e disputou grande parte dos jogos que o clube realizou na liga francesa. Torcedor do Bahia, o zagueiro de 35 anos já deu algumas declarações que sonha em jogar pelo clube, mas nenhuma proposta oficial foi feita até o momento.

(Marcio B. Martins / StarConteúdos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui