Ex-BBB21 João Luiz diz que não vai tomar vacina contra Covid-19 como professor

Foto: internet

O professor João Luiz, ex-participante do “BBB21“, disse em seu Twitter, na noite desta sexta-feira (4), que não vai entrar na fila para ser vacinado contra a Covid-19 junto com seus colegas de profissão por estar afastado das salas de aula. João, que é professor de Geografia, não está lecionando desde que decidiu entrar na casa mais vigiada do Brasil.

“Uma galera me perguntou se eu vou entrar na fila dos professores para tomar a vacina, e a minha resposta é não! Eu preciso reconhecer que não estou na sala de aula, e que nesse momento não estou junto aos meus colegas de profissão na linha de frente da retomada da normalidade nas escolas (ou pelo menos na expectativa dela). Vou esperar a minha vez, sobretudo por não cumprir a exigência de estar ativo no exercício da profissão”, disse João.

O professor ainda declarou seu apoio aos professores do Brasil, à vacina total dos brasileiros e sua desaprovação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido): “Estamos juntos! #VacinaParaTodos #ForaBolsonaro”.

João ainda esclareceu a seus seguidores que sua decisão de não se vacinar não tem absolutamente nada a ver com a negação da eficiência da vacina contra a Covid-19.

“Resumindo: eu só vou respeitar a fila, gente. Longe de mim negar a eficiência da vacina, tá doido! Acho que uma galera não entendeu o que eu quis dizer. E outra, não tô em situação de trabalho”, explicou o professor que compartilhou um trecho de matéria do site do Governo de São Paulo que reforça que a vacinação para os professores abrangente “todos os profissionais que atuam nas escolas que ainda não foram vacinados”. (Fonte: IstoÉ)