Ex-técnico da seleção feminina diz que amigos bateram nas esposas durante a quarentena

-
Foto : Luiz Henrique / Figueirense / Divulgação

O ex-técnico da seleção feminina de futebol, René Simões, defendeu a volta do futebol como uma forma de ajudar os torcedores a enfrentar o período de quarentena. Para ele, o retorno dos campeonatos poderia, inclusive, diminuir os casos de violência doméstica.

“Vamos discutir o futebol como fator social para ajudar as pessoas que estão em casa enlouquecendo. Eu tenho amigos aqui que já se separaram, outros já bateram na mulher, outros batem nos filhos. Estão enlouquecendo. Então, se colocar futebol, pode ser que ajude em alguma coisa”, disse, em entrevista à Rádio Central, de Campinas, na última sexta (26).

O técnico, que hoje é comentarista esportivo, foi criticado nas redes sociais por não ter reportado às autoridades o caso de violência contra a mulher. O abuso pode ser denunciado à Polícia Militar, pelo 190, ou pelo disque-denúncia do governo federal, o 180. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui