‘Foi uma bomba biológica’, diz prefeito de Bérgamo sobre jogo entre Atalanta e Valência

-
Foto: Divulgação / Atalanta

O prefeito de Bérgamo, Giorgio Gori, admitiu que a partida entre Atalanta e Valência, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, contribuiu para a disseminação do coronavírus no norte da Itália. O mandatário da cidade italiana deu a declaração durante uma transmissão nas redes sociais na última terça-feira (24).

“O jogo foi uma bomba biológica. Naquela época, não sabíamos o que estava acontecendo. O primeiro paciente na Itália surgiu em 23 de fevereiro. Se o vírus já estava em circulação, os 40 mil torcedores que foram ao San Siro foram infectados. Ninguém sabia que o vírus estava circulando entre nós”, afirmou citado pelo “Tutto Sport”.

A partida aconteceu no dia 19 de fevereiro e terminou com a goleado do time italiano por 4 a 1 sobre a equipe espanhola e foi disputada no estádio San Siro, em Milão, já que a praça esportiva do clube não pode receber jogos da Champions League. Com isso, os torcedores tiveram que viajar 50 km de distância. Além do local onde aconteceu o jogo, outro ponto destacado pelo prefeito foi a aglomeração de pessoas para acompanhar o compromisso do time.

“Muitos assistiram ao jogo em grupos e houve muito contato naquela noite. O vírus foi transmitido de um para o outro”, continuou.

Na semana do jogo entre Atalanta e Valencia, a região norte da Itália registrou seu primeiro caso do coronavírus. Desde então, Bérgamo se tornou uma das cidades mais afetadas do país e, neste momento, é o maior foco da doença da Covid-19 no mundo. E a região da Lombardia, onde está localizada a cidade, já registra mais de 500 mortes pelo vírus. Vale ainda lembrar que a partida foi a última disputada em Milão. Três dias depois, todos os duelos da região foram adiados. Além disso, o confronto de volta aconteceu na Espanha com portões fechados para o público e a equipe italiana voltou a vencer, desta vez, por 4 a 3, avançando para a próxima fase. Na última semana, o Valencia anunciou que um terço do seu elenco e comissão técnica contraíram o coronavírus. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui