Fortes chuvas somaram um prejuízo de 55 bilhões de reais no Brasil

Reprodução/ Redes sociais

Dados reunidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostram que entre 2017 e janeiro de 2022, as fortes chuvas e enchentes que atingiram o Brasil somam um prejuízo em torno de 55 bilhões de reais aos municípios afetados.

Dentro de tal período, os municípios decretaram situação de emergência 5.622 vezes. Os dados comprovam que o período mais chuvoso recente, de outubro de 2021 a janeiro de 2022, bateu recorde nos números de declarações.

São 1.302 situações de emergência declaradas, frente ao recorde de 2017/2018, que foi de 1.155 decretações.

O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil definiu o ano com maior prejuízo concentrado, o de 2020/21, que somou 18,9 bilhões em despesas para os municípios.

Mais de 28,8 milhões de brasileiros foram afetados por enchentes ou alagamentos, além de 637 óbitos registrados nos desastres das chuvas.

O período com mais prejuízos notificados foi entre 2018/2019, quando ocorreu o rompimento da barragem de Brumadinho. (BNews)