Funcionário da XP é segundo paciente de coronavírus no Brasil

Foto: Germano Lüders / Exame

O segundo paciente que teve o diagnóstico de coronavírus confirmado no Brasil é um funcionário da XP Investimentos, atualmente a maior corretora do país. A empresa confirmou a informação e disse que adotou medidas preventivas para evitar a contaminação de outros funcionários.

Em nota, a corretora ressaltou que todos os colaboradores que tiveram contato próximo com o funcionário estão sendo acompanhados e orientados por médicos especialistas. Além disso, a XP garante que nenhum deles apresentou qualquer sintoma da doença até o momento.

Com seu diagnóstico, o profissional está em casa, passa bem e também não apresenta sintomas, diz o texto.

Como de medida de prevenção, a XP recomenda aos funcionários que estiveram em algum país da zona de risco nas duas últimas semanas trabalhem de casa neste período. São países como a Itália, que tem registrado crescimento rápido no número de infectados.

“A XP não medirá esforços para garantir o melhor e mais seguro ambiente de trabalho para cada um dos nossos colaboradores”, afirma a nota, salientando ainda que o fato não vai acarretar em nenhum impacto para os clientes e parceiros, uma vez que todas as operações seguem normalmente.

O coronavírus já infectou mais de 80 mil pessoas apenas na China, com 2.912 mortes. Na Itália, onde os dois brasileiros foram contaminados, o número de casos já passa de mil, com 34 óbitos.