Gil do Vigor revela ameaças de morte e comenta possível retorno ao ‘BBB’

Foto: reprodução

Um dos mais citados no Twitter na quinta-feira, 10 de março após a decepcionante entrada do Dummy na trollagem falida do “BBB22”, Gilberto Nogueira participou do podcast “Podpah” e contou que não voltaria ao confinamento. E explicou o motivo: ameaças de morte. O economista revelou que seus familiares receberam algumas no período em que ele estava na casa mais vigiada do Brasil, no ano passado.

“Antes de começar esse BBB, eu dizia que entraria. Amo e vou ser apaixonado para sempre. Porém, hoje estou assistindo com outra visão porque minha família foi muito atacada, minha mãe foi ameaçada de morte”, contou Gil do Vigor.

Durante o meu cancelamento, um carro preto parou na frente da minha casa, e o motorista falou assim: ‘Vou matar vocês!’”, relatou

“As pessoas têm problemas, gente! É um negócio muito sério. Como estava dentro do programa, eu não vi. Quando a minha família me contou, soava muito estranho”, disse ele.

PRÓS E CONTRA

O comentarista do programa “Mais Você” destacou que ama acompanhar o reality, mas não esquece a parte negativa de tudo isso: “Hoje, acompanhando as redes sociais, vendo as famílias terem que se pronunciar, aí falei: ‘Caramba, realmente, lembro do que a minha família passou, eles não merecem’. Por mim, eu entrava mesmo porque vocês sabem que sou doido, mas hoje penso na minha família, que eles já passaram por isso e acho que não merecem passar de novo”, completou ele.

Gil, que ficou em quarto lugar, sendo eliminado no penúltimo paredão com 50,87% dos votos, contra 47,65% de Camilla de Lucas e 1,48% de Juliette, reafirmou que será sempre grato ao programa que o projetou: “Ter vivido todas as experiências do Big Brother foi melhor. Se saísse com todo mundo me amando, mas sem ter vivido tudo, acho que não ia ficar tão feliz como fiquei”.