Golpes no WhatsApp: conheça 3 populares e saiba como se prevenir

0
215
-
Crédito: Freepik

Antes de existir o WhatsApp, era muito comum receber ligações no telefone fixo de pessoas dizendo que você foi premiado, mas precisa depositar dinheiro para retirar o prêmio ou pedindo dinheiro porque havia sequestrado alguém da sua família.

Atualmente os golpes no WhatsApp estão cada vez mais populares, e são feitos de várias formas.

Você saberia identificar quando está prestes a ser vítima de um golpe desse tipo? Então veja a seguir quais são os mais comuns aplicados através do WhatsApp e aprenda a não cair neles.

Golpes mais comuns

principais tipos de golpes do whatsapp
Crédito: Freepik

É muito importante estar atento aos tipos de golpes no WhatsApp porque eles realmente enganam. Pessoas roubam números de celulares e se passam por parentes e amigos das vítimas, pedindo favores simples (pelo WhatsApp), como ajuda para pagar um boleto via conta online, e é nesse momento que o golpe acontece, pois você não tem ideia de que não é o seu amigo ou parente que está falando com você.

1. Golpe do chip roubado

Nessa modalidade, o golpista rouba o número de telefone da vítima, bloqueia sua linha original e se passa por ela para extorquir dinheiro dos contatos dela.

Para fazer isso, o golpista compra um novo chip e entra em contato com a operadora, se passando pelo dono do chip original que ele roubou. Então, ao dizer que perdeu seu aparelho celular, o golpista consegue que a operadora reative o número antigo no chip novo e ele passa a ter acesso a todos os contatos da vítima no WhatsApp. Ao ser acionado o novo chip, o antigo é bloqueado.

Então o golpista entra em contato com amigos e parentes da vítima que foi roubada, se passando por ela, dizendo coisas como “me ajuda, preciso de dinheiro urgente”, e coisas do tipo, tentando ser persuasivos e se passando pela vítima. Pode acontecer de o golpista extorquir a própria vítima para que tenha seu número de volta.

Como evitar o golpe do chip roubado?

Esse golpe não pode ser desfeito, por isso, é importante se prevenir para que ele nunca aconteça. Para fazer isso você deve ativar a autenticação de dois fatores no seu WhatsApp, que é uma camada extra de segurança na hora de tentar acessar o seu aplicativo de mensagens. Você deverá ir nas configurações do aplicativo, na opção “conta”, e depois na opção “verificação em duas etapas”.

Então, será preciso escolher uma senha de 6 dígitos que será pedida quando necessário. Essa senha será ativada primeiro com o seu nome de usuário, depois com uma segunda autenticação, que pode ser um comando de voz, uma senha ou um código enviado por SMS. Esse último deve ser evitado por não ser o método mais seguro. Assim, vai ser bem mais difícil de o golpista conseguir acessar sua lista de contatos.

2. Golpes de WhatsApp da recarga ilimitada

Quem está sempre em busca de pagar menos por mais, mesmo que pareça esmola demais, corre maior risco de cair nesse golpe. Você recebe uma mensagem oferecendo uma recarga ilimitada e muitas vantagens por um preço muito mais baixo do que seria o normal.

Para isso, você precisa baixar e instalar um aplicativo e, ao fazer isso, acaba dando total acesso aos seus dados pessoais, inclusive números de cartão de crédito, fotos e vídeos aos golpistas. Assim eles fazem compras em seu nome e usam suas fotos e vídeos para extorquir você, dizendo que se não der uma determinada quantia em dinheiro vão publicar seus arquivos na internet.

Como evitar o golpe da recarga ilimitada?

Para evitar esse golpe é preciso ter mais cuidado com o que vai acessar, baixar e instalar no seu smartphone. Precisa avaliar muito bem os sites que acessa, evitando os que parecerem estranhos e inseguros. Além desse cuidado, deve fazer o mesmo recomendado no tópico anterior, ativando a autenticação dupla do seu aparelho para dificultar o acesso de estranhos às suas informações.

3. Site falso

Para quem não pode ver uma promoção, esse também é um golpe bem perigoso. Os golpistas criam sites falsos, idênticos aos das grandes lojas mais conhecidas, e enviam correntes falsas para grupos de WhatsApp com o link do site, oferecendo promoções imperdíveis.

Ao acessar o site para saber da promoção você precisa colocar seus dados pessoais para poder comprar. Nesse momento os dados são enviados aos golpistas que passam a pode fazer compras em seu nome.

Como evitar o golpe do site falso?

Mais uma vez, o cuidado e a análise é a principal forma de se prevenir contra golpes no WhatsApp desse tipo. Nunca se cadastre ou passe informações antes de ter certeza de estar em um site seguro. Primeiro, em vez de clicar no link, você deve digitar o nome completo do site no seu browser do Google para ver se ele existe mesmo ou é clonado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui