Grupo a favor da reabertura do comércio em Feira de Santana realizam carreata na sexta (29)

-
Foto: Reprodução/Alô Bahia

A prefeitura de Feira de Santana, quarta cidade do estado da Bahia com mais casos confirmados do novo coronavírus (408), vem sofrendo pressão para a reabertura das atividades do centro comercial em meio à pandemia. Agora, um grupo de comerciantes está organizando uma carreata marcada para sexta-feira (29) com a intenção de fazer o prefeito Colbert Martins (MDB) voltar atrás na medida estabelecida para conter o avanço do vírus.

De acordo com informações do site Alô Bahia, o grupo intitulado “Queremos Trabalhar” tem reclamado da falta de apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Associação Comercial de Feira de Santana. A prefeitura havia flexibilizado a abertura do comércio em abril, mas recuou da decisão um mês depois. Durante esse período, 130 novos casos foram confirmados. 

Um comerciante que faz parte do grupo, mas que preferiu não ser identificado, disse ao Alô Bahia que é contrário à manifestação, mas reconhece que as entidades  pouco têm feito pela classe.

“Acredito que seria mais proveitoso se nosso grupo se manifestasse pela abertura de mais leitos na cidade, por mais investimento na saúde nessa época de pandemia, por mais transparência nas ações do governo municipal. Embora também esteja sofrendo com essa pandemia, não concordo com a abertura do comércio nesses moldes propostos pelo grupo”, comentou o comerciante.

Protesto

Na semana passada, cerca de 50 manifestantes fizeram um protesto em frente ao condomínio onde mora o prefeito, no bairro Santa Mônica. Eles também pediam a reabertura do comércio e diziam não acreditar nos números divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) em relação à doença. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui