Idosas escavam terreno com colher por oito anos e deixam casa ‘ilhada’ em Maceió

0
574
-
Foto: Reprodução

Duas irmãs passaram aproximadamente oito anos escavando com uma colher o terreno da casa em que moravam, deixando a residência “ilhada”.  As idosas, identificadas como Maria José e Maria Rita, formaram uma cratera ao redor do imóvel, que fica no bairro Benedito Bentes, na cidade de Maceió, em Alagoas.

O caso viralizou após o vereador de Maceió Siderlane Mendonça (PEN) compartilhar a situação nas redes sociais na última terça-feira (9). Pessoas próximas, no entanto, acusam a família delas de negligência.

Vizinhos relataram que as irmãs cavavam o quintal de casa, colocavam o barro dentro de um balde e jogavam na rua. Após alguns anos, o imóvel ficou “ilhado” e as mulheres passaram a usar uma escada para sair e entrar.

No entanto, um dos filhos de Maria Rita afirma que a família sempre tentou tirar as duas da residência. Almir, que é professor, gravou um vídeo junto ao vereador Siderlane e postou nas redes sociais. Ambos garantem que não houve negligência.

“A gente vinha tentando sempre tirar ela daqui, convencendo que não era um lugar seguro e que precisava ir para um lugar melhor, mas minha mãe não aceitava”, explica o professor. “Nós, os filhos, cogitávamos acionar a Defesa Civil, as autoridades, só que mãe é mãe”, explica.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as mulheres foram transferidas para a casa de parentes nessa terça e estão recebendo acompanhamento psicológico e de assistência social.

A Defesa Civil também foi acionada para verificar a segurança da casa. A equipe de engenharia afirmou que há risco de o muro cair, assim como algumas paredes das casas vizinhas, que já apresentam rachaduras, segundo os moradores. (Varela Notícias)


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui