“Mesmo com as diferenças, lar feliz é onde Deus está”, ensina casal com quase 80 anos de casamento

Foto: Reprodução

Atualmente, muitos têm a impressão de que está cada vez mais difícil manter um casamento, tendo em vista a banalização dos relacionamentos e os conflitos da cultura atual, até mesmo entre os cristãos. Para quem se preocupa com isso, o casal June e Hubert tem uma importante lição: “Lar feliz é onde Deus está!“.

June e Hubert nasceram em 1922 e, portanto, possuem os dois 100 anos de idade. Eles celebraram o último aniversário nesse mês de julho na igreja onde se conheceram e congregam até hoje, a Eaton Road Church of God, na cidade de Hamilton, Estados Unidos.

Apenas de casamento, os idosos possuem 79 anos de união, e durante todo esse tempo aprenderam muitas lições. Agora com três filhos e vários netos, eles vivem compartilhando um pouco desse aprendizado.

“Tem sido tão fácil nos darmos bem juntos. Nós nem sequer tivemos uma briga”, disse Huber, explicando que os casais não devem deixar “crescer” os conflitos. Em vez disso, a conversa deve ser prioridade.

“Tivemos desentendimentos, mas sempre nos resolvemos. Nossa atitude sempre foi de não machucar quem você ama. E se você tem um problema ou briga, cuide disso, não deixe crescer, pense bem, converse e resolva o problema e siga em frente”, aconselha o idoso.

Presença de Deus

Das lições mais significativas do casamento de quase um século, June e Hubert destacaram a importância da presença de Deus. Congregando durante décadas juntos, ambos passaram a vida se dedicando à Igreja do Senhor.

“Minha esposa, com sua formação musical, foi diretora do coral fazendo cantatas para o Natal. Ela fez um trabalho muito bom com isso”, elogiou o marido, que chegou a lutar na Segunda Guerra Mundial pelos EUA, como marinheiro.

“Eu sempre disse que um lar feliz é onde Deus está. Tem sido uma boa vida. Um bom trabalho em equipe. Um bom lar”, conclui Hubert, segundo informações da Fox News. 

por Will R. Filho / Gospel Mais