Lore Improta processa estilista após levar ‘calote’; profissional se justifica

-Foto: Instagram
Foto: Instagram

A dançarina Lore Improta está processando o estilista Guerreiro Cavaleiro após pagar por uma roupa para se apresentar como musa na quadra da Viradouro e não ter o modelo entregue, nem o dinheiro devolvido. De acordo com informações da colunista Fabia Oliveira, a baiana desembolsou R$ 3,5 mil. A informação foi confirmada pela assessoria da artista.

Em nota, ele disse “estar chocado” com a repercussão do caso.  “Realmente a produção dela não ficou pronta a tempo do evento por dois fatores: fornecedor e aéreo. Pelo fato dela ter fechado a produção poucos dias antes do evento, ela estava ciente que isso poderia acontecer e aconteceu (inclusive falamos que trabalhar com o tipo de material usado era um pouco chato). Tentamos um plano B, fornecendo uma peça do nosso acervo pessoal mais não deu certo. Entramos em um acordo para estornar 50% do valor pago. Mas a Lori se recusou. Estava mais preocupada em complicar do que resolver”, criticou.

Em suas redes sociais, a dançarina apenas disse que teve um contratempo com a roupa. “VOLTEI, VIRADOURO ? tô pronta para ser coroada como musa da minha escola do coração! É FELICIDADE DEMAIS!!!! E tem que ter uma emoção a mais, né? Tivemos um problema com a roupa e fui salva pelo querido @designoliveira que fez esse look DEUSO em apenas 2 dias”, escreveu. (Bahia Notícias)