Manifestação por melhorias na saúde em Santo Antônio de Jesus acontecem

Foto: Rede Social

Consultas que demoram meses para serem agendadas, exames urgentes reagendados, postos sem medicamentos. Esses são alguns dos problemas que a população de Santo Antônio de Jesus enfrenta com o sistema público de saúde.

Por conta de todas essas dificuldades, moradores se reuniram no início da tarde desta segunda-feira (20) em frente à Secretaria de Saúde Municipal pedindo melhorias no atendimento.

Em entrevista a rádio Prazeres, o santoantoniense José Carlos conhecido como Barra, relatou que é preciso madrugar na porta da Central de marcação para conseguir marcar um médico, “a Central de Marcação irá ser transferida para o bairro Clube dos 100 e será instalada na casa do ex-prefeito Renato Machado. La é um lugar deserto, sem segurança nenhuma, como podemos marcar nossos exames nessa situação?”, questionou.

A moradora do bairro Urbis 3, de prenome Marlene, afirmou que precisa usar a central de marcação para marcar exame para o marido e não consegue, além disso, o posto do seu bairro não tem os medicamentos que o seu esposo precisa usar, “o posto de saúde da Urbis 3 não tem remédio, não tem médico, está o caos. Meu marido tem problemas na perna e precisa fazer exames, quando vou à Central de marcação é sempre uma desculpa”, desabafou.

Os manifestantes seguiram ate a prefeitura onde encerrou o movimento.

Voz da Bahia deixa espaço para a gestão e especificamente a Secretaria de Saúde se pronunciar diante das denúncias.