Navio de guerra da Marinha do Brasil atraca em Salvador

Foto: Divulgação

A fragata “Independência”, da Marinha do Brasil, atracou nesta segunda-feira (27) no Porto de Salvador, onde ficará até o próximo dia 30. O navio de guerra chegou na capital baiana após participar da operação Guinex I, na República da Guiné, no continente africano, entre 13 de agosto e 19 de setembro.

Salvador será a primeira cidade a receber a embarcação, que levou uma equipe para adestramentos e exercícios combinados, em terra e no mar, com marinhas e guardas costeiras dos países do Golfo da Guiné, como Cabo Verde, Camarões, Guiné Equatorial, Nigéria e São Tomé e Príncipe. Essas nações compõem o entorno estratégico brasileiro, conforme a Marinha.

Durante seus 42 anos de atividade, a fragata participou também de importantes comissões operativas no Brasil e no exterior, incluindo três missões de paz da ONU no Líbano.

O navio tem 129,2 metros de comprimento e 13,5 metros de largura, com capacidade para 260 tripulantes, e foi a primeira construída pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. 

A embarcação é equipada com canhões, mísseis e torpedos, além da aeronave Wild Lynx (AH-11B), que possui modernos sistemas de navegação por satélite e de identificação automática, bem como câmera de imagem térmica e painel digital compatível com óculos de visão noturna, que pode ser armada com míssil antinavio, torpedo e metralhadoras.