Pastor amigo de Safadão se pronuncia após ser acusado de assediar criança

Foto: Reprodução redes sociais

O pastor André Vitor se pronunciou na tarde desta segunda-feira (25) sobre as acusações de assédio contra uma menina, durante uma festa na casa do cantor Wesley Safadão. No vídeo que circula na internet, o religioso abraça a garota que se afasta dele.

“Pegaram um vídeo totalmente fora de contexto, onde estávamos tendo um final de semana precioso, com amigos mais chegados que irmãos e uma quase sobrinha minha que é filha dos meus amigos preciosos, que inclusive estão aqui comigo agora, recebe um abraço meu, como ela está acostumada a receber de todos nós. E ela se sente protegida, amada e ela, não por desconforto, mas porque estava ali na euforia da brincadeira, em que o Wesley joga uma torta na cara do Tiru [Tirullipa], ela vai comemorar, brincar isso, e eu puxo minha camisa”, continuou.

O pastor alega que puxou a camisa para baixo porque sofre com problemas de autoestima. “Travo uma luta contra a balança. Em muitos momentos me sinto desconfortável com meu peso. Eu fico atrás dos meus amigos, às vezes coloco uma almofada, puxo a camisa por questão do peso e não por maldade. Que só os maldosos que têm demônio nos olhos viram”.

O canto Wesley Safadão também saiu em defesa do amigo. Também segundo o cantor, no momento em que André puxa a camisa, ele está tentando esconder a barriga por estar acima do peso. (BN)

Veja o pronunciamento na íntegra: