Pesquisadores brasileiros e de Oxford sequenciam genoma do novo coronavírus encontrado em SP

Foto : Reprodução

Pesquisadores brasileiros e da Universidade de Oxford, no Reino Unido, sequenciaram o genoma do primeiro caso confirmado da coronavírus em São Paulo. 

O trabalho foi realizado em apenas dois dias, de acordo com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo (Fapesp). Geralmente, o sequenciamento genético do vírus é feito em 15 dias por cientistas.

De acordo com o G1, a primeira análise preliminar feita pelos cientistas aponta que o genoma do coronavírus diagnosticado no Brasil difere em três pontos no código genético do vírus localizado inicialmente em Wuhan, a cidade chinesa onde a doença surgiu. 

Segundo uma das autoras do estudo, Ester Cerdeira Sabino, à medida em que forem o RNA do vírus for desvendado, será possível rastrear o caminho dele. (Metro1)