Por que sentimos mais fome no frio? Saiba controlar o apetite durante o inverno!

-
Não é lenda, é fato! Nos dias mais frios nós realmente sentimos mais fome. Isso se deve à alteração metabólica que o clima mais seco gera em nosso organismo. Veja aqui formas para mantermos nossa alimentação saudável, mesmo com alguns excessos.

Dias frios e comidas saborosas parecem que foram feitos uns para o outros. E, de fato, há uma impressão que a nossa fome aumenta durante os períodos do inverno, não é mesmo? Se você também sente o apetite maior nessas épocas, calma, é super normal. Apesar de muitas pessoas considerarem as estações frias apenas um momento propício para “gulas”, o clima mais seco interfere sim na vontade do organismo ingerir outros alimentos. Veja os principais motivos disso e saiba como manter uma alimentação equilibrada e saudável mesmo em temperaturas mais baixas!

Segundo a nutricionista Daniella Chein, os efeitos das temperaturas baixas em nosso organismo reflete diretamente no aumento do apetite:”É perfeitamente normal na época de frio, sentirmos mais fome, e isso pode ser explicado pelo fato do nosso organismo gastar mais energia para nos manter aquecidos e, em consequência, essa energia deve ser reposta. Com isso o organismo faz com que aumente nosso apetite”, analisa.

Se o aumento do apetite é considerado normal, o grande problema em relação a essa fome excessiva é que, na maioria das vezes, recorremos a alimentos muito calóricos que proporcionam “falsas” sensações de saciedade e bem-estar. Para ter uma direção do que comer e não passar dos limites, a profissional alerta:

“O que não pode acontecer é o descontrole e comer tudo que vier pela frente. Para evitar comer demais, devemos fazer as refeições completas contendo sempre carboidratos, proteína e lipídeos, sem esquecer do principal que vai nos manter saciados por mais tempo: as fibras que são encontradas em frutas, grãos, verduras e legumes. Inclua nas refeições o arroz e macarrão integrais, feijão, legumes assados ou em sopas e frutas cozidas, isso ajuda muito a controlar o apetite de inverno”, destaca a nutricionista.

Como manter uma alimentação saudável e equilibrada nas baixas temperaturas?

– Adapte as opções: Se o chocolate quente não pode faltar, substitua o leite integral pelo desnatado, que possui quantidades similares de proteínas, potássio, fósforo e demais nutrientes, principalmente o cálcio. Sua principal vantagem é ter uma quantidade inferior de gordura.

– Sopas: Sopa de legumes é sempre uma boa opção, alimenta e esquenta. “Cuidado para não colocar legumes demais e aumentar a taxa de açucar no sangue, três ou quatro opções está ótimo e vai alimentar muito bem”, ressalta a Dra. Daniella.

– Salada também cai bem: Tente acrescentar sempre que possivel um prato de salada, elas são fonte de fibras e vão ajudar na questão da saciedade

– Corpo em movimento: A prática de atividade física de alta intensidade e curta duração também ajuda na redução e controle do apetite.

– Hidrate-se: Mesmo no inverno, devemos beber muita água, pois, justamente por causa do frio, o organismo não costuma manifestar sede como no verão, e isso pode levar a desidratação, principalmente em idosos e crianças.

– Se não der pra resistir as massas: Evite os molhos brancos e à base de queijo, pois, são muito calóricos e substitua por massas integrais que proporcionam uma maior saciedade e agregam mais nutrientes para a saúde.

– Bebidas quentes: Aproveite o inverno usando mais bebidas quentes e pouco calóricas. “Lembre-se que é um excelente momento para saborear os diferentes tipos de chás e cafés, por exemplo”, finaliza a nutricionista. (conquistesuavida)