Prefeita de Cachoeira cobra punição de executores e mandantes de crimes e ameaças

Foto: Bruno Luiz/ Bahia Notícias

A prefeita de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, Eliana Gonzaga (Republicanos), cobrou elucidação dos assassinatos de aliados e das ameaças de morte que vem sofrendo e punição para os executores e os mandantes. A gestora está sob proteção de uma escolta de policiais militares designados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

“Esses crimes precisam ser elucidados para que, além dos executores propriamente ditos, aqueles que contrataram sejam também punidos. Não adianta que os executores sejam punidos e aqueles ou aquele que contratou ficar à solta, porque vão continuar contratando outras pessoas e precisamos governar com segurança”, afirmou a prefeita durante o evento simbólico que marcou a nova etapa da Iniciativa Brasil Fraterno, em Salvador, nesta sexta-feira (7).

Segundo a gestora, as ameaças começaram no período eleitoral, e se intensificaram após a eleição dela, em novembro do ano passado.