Prefeito de Nova York chama Bolsonaro de perigoso, racista e homofóbico

Foto : Reprodução / CNN

Prefeito de Nova York, Bill de Blasio classificou o presidente Jair Bolsonaro como um “ser humano perigoso”. O brasileiro pode receber uma homenagem no Musei de Histório Natural da maior cidade norte-americana e isso desagradou Blasio. “Bolsonaro não é perigoso somente por causa de seus racismo e homofobia evidentes”, declarou de Blasio nessa sexta-feira (12), durante entrevista à emisora de rádio WNYC. “Infelizmente, ele também é a pessoa com maior poder de impacto sobre o que se passará na Amazônia daqui para a frente”. O prefeito comentava sobre uma cerimônia de gala da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos para homenagear Bolsonaro como “Pessoa do Ano”. O órgão reservou o Museu de História Natural para realizar o evento e conceder a honraria. (Metro 1)