SAJ: Veículo perde o controle e invade residência na Ladeira do Milagroso; já é o terceiro acidente em 6 meses

-
Ladeira do Milagroso, em Santo Antônio de Jesus | Foto: Reprodução

Pela terceira vez no ano de 2020, mais um acidente envolvendo um veículo invadindo uma residência na Ladeira do Milagroso em Santo Antônio de Jesus, deixou os moradores do local em pânico.

Vários acidentes já foram registrados no local bem antes do inicio do ano, de acordo com os residentes, devido a inclinação da ladeira e as chuvas da temporada, durante a subida ingrime, os motoristas perdem o controle do veículo, e acabam descendo a ladeira mesmo com os freios acionados, onde a maioria no desespero, acaba invadindo uma residencia para não capotar. No mês de fevereiro, uma caminhonete invadiu uma casa após perder o controle do veículo (clique e veja). E no final do mês de maio, o mesmo aconteceu com uma Kombi (veja aqui).

Em entrevista ao repórter Tino Alves, o morador Antônio Jorge, afirmou que na noite deste domingo (8), por volta das 20h, um carro de passeio perdeu os freios na subida, e deliberadamente invadiu a residencia para não descer a ladeira e causar um capotamento, “nós ficamos em pânico de tantas vezes que acontecem essas coisas, estamos passando situações difíceis e não estamos conseguindo dormir a noite com esses acidentes acontecendo. Ontem a noite, o carro estava descendo desesperado, o rapaz não aguentou o freio e virou o carro na casa da vizinha”, disse.

O morador deu sugestões para melhorias no local, para que nenhum outro veículo invada casas. O residente declarou ainda, que tem medo que sua casa desabe em outro acidente, por isto instalou piquetes de ferro no passeio de sua casa, “o certo seria fazer com que essa rua fosse apenas uma mão, pois quando chove, a subida fica perigosa. Eu coloquei piquetes de ferro, porque minha casa pode cair por cima da gente”, concluiu.

Os moradores pediram encarecidamente, que os órgãos públicos procurem soluções para impedir que mais acidentes ocorram no local, pois até o momento, não houve vítimas fatais.

Redação: Voz da Bahia