São Francisco do Conde: Jornada Pedagógica é interrompida por apitaço e vaias ao prefeito

-
Foto: Reprodução / Recôncavo Online

A Jornada Pedagógica de 2020 em São Francisco do Conde, na manhã desta terça-feira (11), foi interrompida por um protesto de servidores municipais, pela revogação de mudanças aprovadas em 2019 pela prefeitura, com apoio da Câmara.

O protesto começou quando o prefeito Evandro Almeida (PP) tentou dar início ao evento. Neste momento, servidores interromperam o alcaide de São Francisco do Conde com um apitaço e muitas vaias.

Em vídeo encaminhado por um leitor ao BN (veja ao fim da nota), os servidores exibem cartazes contra as leis 590/2019, 591/2019, 593/2019 e 008/2019, as quais os manifestantes também chamam de “pacote de maldades”. Ao fundo, é possível ouvir os gritos de “revoga já”.

Outro vídeo mostra o prefeito se defendendo e pedindo “pelo amor de Deus” para que os servidores permitam a continuidade da Jornada Pedagógica. O pedido, no entanto, resulta em mais vaias dos manifestantes.

Em pesquisa realizada em outubro de 2019 pelo Bahia Notícias, em parceria com o instituto Séculus Análise e Pesquisa, a gestão de Evandro Almeida foi rejeitada por 77,25% dos entrevistados, contra 14,16% que aprovavam. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui