Sargento morre por suspeita de doença transmitida por carrapato

Um policial militar morreu com suspeita de uma doença que é transmitida pelo carrapato, a febre maculosa. O caso aconteceu no Rio de Janeiro. A vítima foi identificada como o 1º sargento Carlos Eduardo da Silva, que atuava como instrutor do Curso de Operações de Polícia de Choque (COPC). O curso foi suspenso na quinta-feira (21).

Um outro PM, que também participava do curso de operações, apresentou os mesmos sintomas que o sargento teve antes de morrer. Ele está internado em estado grave. Em nota enviada ao portal G1, a Secretaria de Polícia Militar informou que existe a possibilidade de os PMs terem sido infectados com febre maculosa.

A corporação informou que “exames complementares (no corpo do PM) estão sendo realizados pelo hospital da Fundação Oswaldo Cruz, onde o militar estava internado quando faleceu”. (Bocao News)