Seringas e sangue contaminado são responsáveis por 800 novos casos de HIV no Paquistão

0
56
-
Foto: Reprodução/G1

A reutilização de seringas contaminadas, além da realização de transfusões de sangue que não respeitam as normas de segurança são responsáveis por cerca de 800 casos de HIV em um povoado do Paquistão.

Os dados foram revelados pela Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (18), através de um comunicado e antecipam os resultados de um relatório preliminar da Organização Mundial de Saúde (OMS).

- Anúncio -

Segundo a Agência EFE, no mês de abril deste ano foi detectado um aumento das infecções de HIV na cidade de Ratodero, na província de Sindh, localizada ao sul do território paquistanês. Foram 800 exames positivos entre pouco mais de 26 mil pessoas testadas, a maioria, menores de cinco anos.

Após os dados, a OMS decidiu enviar uma equipe formada por dez membros no fim do mês passado, para investigar as causas das infecções registradas. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui