Sintomas da Covid longa podem ocorrer mesmo após vacinação

Foto: Reprodução / CDC

Pessoas diagnosticadas com Covid-19 após serem vacinadas ainda podem apresentar sintomas associados à Covid longa, segundo um novo estudo publicado na revista científica Nature Medicine nesta quarta-feira (25). 

De acordo com o G1, os pesquisadores chegaram a conclusão após analisarem registros de saúde de veteranos de guerra dos Estado Unidos – pessoas com 60 anos, em média – antes do pico da variante ômicron, entre janeiro a dezembro de 2021. 

Do total de mais de 13 milhões de pessoas, 34 mil veteranos (entre homens e mulheres) tiveram infecções mesmo após receberem uma dose da vacina da Janssen ou duas doses da Moderna ou da Pfizer. Diante disso, os pesquisadores descobriram que essas chamadas infecções breakthrough (do inglês, invasiva) e os sintomas da Covid longa foram mais comuns nas pessoas que receberam a vacina de dose única.

Conforme os dados da publicação, as pessoas vacinadas que tiveram infecções breakthrough, quando comparadas com quem nunca registrou um teste positivo para Covid, apresentaram um risco maior de desenvolverem sintomas associados à Covid longa.

Entretanto, os estudiosos destacaram que o risco de morte e o risco de uma infeção breakthrough é menor quando comparado com pessoas que não foram vacinadas. (BN)