Suíço passa 400 horas tatuando e cobre da sola do pé a genital

Foto: reprodução

O suíço de 26 anos Yannick Rick começou sua transformação corporal em 2016, com o objetivo de ter o corpo todo escurecido pelas tatuagens. Pouco menos de cinco anos depois, ele passou 400 horas na cadeira do tatuador e já gastou cerca de R$ 66 mil, de acordo com o site Daily Star, e não pretende parar por aí.

Yannick faz sucesso nas redes sociais com o perfil The Evil Blackwork & Bodymod, no qual ele compartilha fotos de suas tatuagens e outras modificações corporais, que incluem piercings, os mamilos retirados e a língua bifurcada. (Fonte: Uol)