Superintendente não confirma os 10 leitos de UTI-Covid para Santa Casa anunciados pela prefeitura de SAJ: “colocaria em risco às gestantes e os recém-nascidos”

Hospital e Santa Casa Luís Argolo

A superintendente da Santa Casa de Misericórdia de Santo Antônio de Jesus, Ludmila Reis, em contato ao Voz da Bahia avisa que não confirma a vinda de 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Covid-19 para o hospital Luiz Argolo, “não procede”, disse.

A superintendente contestou a fala do prefeito Genival Deolino (PSDB) que afirmou que esses leitos seriam encaminhados pelo Governo do Estado para a instituição (reveja aqui). Reis também garantiu que o parecer não foi esse, “a minha proposta foi colocar 10 leitos clínicos de UTI para folgar o HRSAJ (Hospital Regional) e levar mais 10 leitos de Covid para o Regional”, pontuou.

Ludmila proferiu que não pode colocar a uma única maternidade da região em perigo, “colocaria dois grupos em risco: às gestantes e os recém-nascidos”, expôs.

A responsável da Santa Casa, avisou ao Voz da Bahia que terá uma reunião pela manhã com o secretário Dr. Leonel para esclarecer melhor a situação.

Reportagem: Voz da Bahia