Suspeito de tráfico de animais silvestres é preso com cinco jiboias em bairro de Salvador

-
Conforme Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA), cativeiro foi descoberto no bairro de Paripe, em Salvador, na quarta-feira (29). — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)

Um homem de 58 anos foi preso suspeito de traficar animais silvestres, no bairro de Paripe, no subúrbio de Salvador, na quarta-feira (29). Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), cinco serpentes do tipo jiboia, entre outros animais, foram apreendidos no local.

Ainda de acordo com a SSP-BA, o cativeiro foi descoberto depois que a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) recebeu uma denúncia anônima e foi até o local.

Além das serpentes, foram encontrados três teiús, sete canários da terra e um cardeal, duas espécies que estão ameaçadas de extinção, três jabutis, duas curiatãs, dois coelhos, cinco porcos da Índia, três curiós e 200 ratos albinos. Duas espingardas tipo artesanal para caça, com cartuchos, também foram recolhidas.

A polícia desconfia, diante da estrutura armada no local, que o homem vinha praticando tráfico de animais há muito tempo. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, também na capital baiana, onde foi autuado por crime ambiental.

Ainda de acordo com a SSP-BA, o cativeiro foi descoberto depois que a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) recebeu uma denúncia anônima e foi até o local.  — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
Ainda de acordo com a SSP-BA, o cativeiro foi descoberto depois que a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) recebeu uma denúncia anônima e foi até o local. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
Flagrante ocorreu na quarta-feira (29), no bairro de Paripe.  — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
Flagrante ocorreu na quarta-feira (29), no bairro de Paripe. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
A polícia desconfia que o homem vinha praticando tráfico de animais há muito tempo. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
A polícia desconfia que o homem vinha praticando tráfico de animais há muito tempo. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
Duas espingardas tipo artesanal para caça com cartuchos também foram recolhidas. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)
Duas espingardas tipo artesanal para caça com cartuchos também foram recolhidas. — Foto: Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA)

(G1/BA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui