Últimas Notícias sobre barragem de Brumadinho

Foto : Divulgação/Corpo de Bombeiros de MG

Bombeiros encontraram ontem (4) um crânio na região afetada pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG). As buscas por corpos no local da tragédia, que deixou 259 mortos e 11 desaparecidos, continuam sem prazo para acabar.

Foto : Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Executivos da Vale receberam um e-mail anônimo com advertências sobre a segurança das barragens da companhia duas semanas antes do desastre com rejeitos de mineração de Brumadinho, em 25 de janeiro deste ano, que deixou 270 mortos.

Foto: Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros localizou, neste domingo (3), partes do corpo de vítima da tragédia com barragem da Vale, que aconteceu em 25 de janeiro, em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte. De acordo com o portal G1, os militares informaram que os segmentos encontrados, entre eles um crânio, serão examinados para determinar se são de uma nova vítima ou de alguma que já foi identificada anteriormente.

Foto : Divulgação/Forças de Defesa de Israel

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais encontrou hoje (29) mais uma vítima durante a busca pelos desaparecidos da tragédia de Brumadinho. O corpo foi encontrado na região de Remanso 4 em torno de 10h da manhã pela equipe de socorristas.

Foto : Isac Nóbrega/PR

A CPI que investiga o rompimento da Barragem de Brumadinho concluiu hoje (12) o inquérito e pediu o indiciamento de 13 funcionários da Vale e da TÜV SÜD. Aprovado com unanimidade, o documento aponta os responsáveis pela tragédia e recomenda mais de 100 ações a serem tomadas por órgãos públicos para evitar novos desastres.

Rio São Francisco, na Bahia — Foto: Edgardo Pessoa Filho / SAAE

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para apurar possíveis impactos no Rio São Francisco e afluentes, na Bahia, decorrentes do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em janeiro de 2019.

REUTERS / Washington Alves (Foto de arquivo)

Em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público (MP), a juíza Fernanda Machado, da Vara de Barão de Cocais (MG), decidiu ontem (17) elevar o teto de uma multa aplicada à Vale para R$ 300 milhões.

Close